Whiplash: Uma Chicotada na Cara do Espectador!

Postado em Atualizado em

Whiplash_010814_1170x457-1100x429

Chicotada!

Essa é a melhor definição para o filme de Damien Chazelle que aborda a etapa da vida de um baterista amador Andrew Neyman (Milles Teller) em um conservatório de musica tentando ser bem sucedido e alcançar a perfeição naquilo que faz. Mas esse caminho não é nada fácil e essa premissa de jornada dentro de sua própria arte vai levá-lo a encontrar um mentor, Fletcher (J.K. Simmons) em uma busca pelo aluno que será realmente bom assim como os grandes nomes do jazz. Achou interessante?

O filme foge da montagem tradicional de dramas que contam uma passagem de vida do protagonista e é muito mais visceral. Desde a primeira cena quando escutamos ele ensaiando e tendo um encontro com o mal humorado tutor de ouvido afinado ja notamos que a visão do filme é diferente. Durante todo o longa as batidas do filme acompanham de forma eficaz os sucessos e fracassos de um estudante lutando para ser o melhor no que faz, embora em alguns momentos essa busca pela grandiosidade pareça ser exagerada e sem sentido, ao decorrer do filme vemos o porque de se auto- pressionar tanto. Nisso o filme se eleva, não perde a intensidade nem na música, muito menos no drama.

Há quem tenha achado o filme um pouco excessivo em alguns pontos, principalmente na forma de Fletcher levar seus alunos aos extremos para que eles realmente cheguem a perfeição, mostrando um mentor como uma figura intimidadora e agressiva, chegando a agredir seus alunos em certas passagens. Mas se olharmos por outro prisma vemos que o próprio Fletcher também se auto-pressiona nessa maneira abusiva de tratar com os alunos uma vez que ele mesmo não conseguiu achar um dos grandes.

Cinemascope-Whiplash-Em-busca-da-perfeição-3

Enfim o filme só não merece um 10 por alguns detalhes. Um final que não agrada tanto assim pois alguns acham que a superação do personagem na cena final também seria uma forma de subserviência depois de todo o desenrolar do seu drama. Mas talvez essa seja a maior lição do filme, perseverar, se levar ao extremo, superar humilhações e privações para obter a perfeição.

Dos filmes indicados ao Oscar desse ano, Whiplash é um dos meus favoritos junto com Birdman. Pela forma como foi filmado, pela doação dos atores e pela espetacular trilha sonora. Um verdadeiro filme que reflete a vida.

Ps: Whiplash é o filme com um dos foras em uma garota mais tensos que eu já vi, dá uma puta agonia de assistir e de pensar na menina escutando aquilo.

whiplash-blood

Por Jefferson Lobo

Anúncios

Um comentário em “Whiplash: Uma Chicotada na Cara do Espectador!

    Brunna Malffoy disse:
    14/07/2015 às 15:21

    Esse ator ganhou meu respeito…assisti em loop!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s