PES 2016 x FIFA 2016 – Análise

Postado em

pes capa

Os dois maiores jogos de futebol do mundo se rivalizam em vários aspectos, fizemos uma análise de qual leva vantagem no mundo virtual levando em consideração alguns critérios que todo boleiro vai entender. 

Movimentação

Neste ponto, Fifa 16 manteve uma pequena vantagem, mas bem pouco. Os jogadores do PES 16 ainda tem uma movimentação mais “dura”, apesar de driblarem de maneira mais fluida. Já no Fifa 16 isso foi bem aprimorado e os jogadores não mais “patinam” no gramado. Na verdade, eles correm bem naturalmente, em uma velocidade bem compassada. Compassada até demais para o gosto de alguns. (jogadores com as melhores notas de corrida são alcançados por zagueiros lentões).

Podemos notar um avanço absurdo no PES 2016 em relação à versão anterior. Quem não está jogando, se passar de relance tem a sensação de estar assistindo a um jogo de futebol de verdade o que já acontecia no Fifa.

Gráficos

A vantagem aqui foi e sempre será do PES. Enquanto Fifa 16 traz seleções femininas, com cabelos bem modelados e traços até bonitos, PES 16 melhorou também a implementação do Fox Engine. Com esse motor gráfico, as faces dos craques do título da Konami ficam ainda mais reais. Apesar de alguns jogadores não estarem licenciados em ambos os futebóis o fifa deixa a desejar mesmo quando o jogador tem a opção (Real Face), assim o jogo da EA fica atrás do rival da Konami.

Inovação

Pes 16 trouxe novos elementos de dribles, opções de chutes avançados e comemorações de gols personalizadas, mas ainda deixa a dever no quesito novidade. Nesse sentido o Fifa 16 dá de goleada com a inclusão do futebol feminino. O jogo fica muito mais completo e dá uma variedade muito maior quando se pensa em entretenimento. Além disso o Fifa é muito mais interativo e as opções de jogo online sofreram mudanças para melhor.

Goleiros

Isso é um ponto de divergência nos dois futebóis. No Fifa a mecânica dos goleiros foi aprimorada e eles não ficam mais adiantados e tomam aqueles gols patéticos de cobertura da versão 2015, mas ainda falham muito e se os atacantes acertarem o chute apenas assistem a bola entrar. No Pes os goleiros também foram modificados e agora estão muito melhores. O problema ainda continua sendo a saída para fechar o gol,  saem do gol de maneira muito lenta. No geral dá empate.

Análise geral

PES 2016

O que tenho a dizer em primeiro é que a Konami além de uma disputa cm a EA tinha uma disputa consigo mesma para fazer um jogo decente. Desde o Pes 2014 que a empresa vem sempre dando mancada, atrás de mancada e a versão 2015 veio para fechar a tampa do caixão. O Pes 2016 está sendo uma forma de ressuscitar a franquia, mas devido aos tropeços recentes está sendo alvo de muitas críticas e desconfianças por parte dos fãs e de novos jogadores. Basta olhar para as vendas da última versão que não conseguiram nem alcançar a marca de 1 milhão de unidades vendidas.

Mas o jogo é ruim? Por isso não tem sucesso?

A resposta é um sonoro não.  O jogo como um todo evoluiu demais. Situações de combate 1 a 1 por exemplo são muito realistas e permitem que se faça apenas o acompanhamento da jogada ou marque em pressão com todos atrás da bola apenas com um toque em outro botão. E isso foi programado de uma maneira que se assemelha muito a uma situação de jogo real., usando para isso apenas um ou 2 botões. O novo sistema de defesa , com sua nova análise de colisão e mais liberdade nos controles é exatamente o meio termo entre o Legacy e o Tactical defending, o que traz uma sensação de recompensa muito maior.

Enfim, o refinamento técnico que deram ao Pes 2016 é extremamente consumível, é possível notar que se o jogador tem a nota para determinada situação ele vai fazer aquilo na determinada situação. Se um jogador tem velocidade ele vai correr e chegar na frente do zagueiro, se dribla ele entortará a zaga com facilidade, a la Messi. E se finaliza dará poucas chances ao goleiro quando chutar. (vide chutes usando R2 e RB).

O grande desafio do Pes é sobreviver. A Konami  já descontinuou vários títulos e apesar das baixas vendas o jogo ainda é muito rentável para a empresa visto o baixo custo de produção e gerenciamento, se continuar com a evolução dessa engine acredito que o Pes 2017 será extremamente melhor culminando com um Pes 2018 com chances de ser o melhor jogo de futebol da história. Mas a grande questão é: Será que o Pes sobrevive até lá?

Pro-Evolution-Soccer-2016-PC-Imagem-3

FIFA 2016

O Fifa 2016 dispensa comentários. Como um jogo ele é completo. Com uma ampla gama de variedades e principalmente com um cuidado extraordinário no gerenciamento da franquia a EA só adquire mais fãs a cada dia. (vide atualizações semanais do jogo).

O jogo é Perfeito? Por isso vende tanto?

É um jogão mais está longe de ser perfeito. A jogabilidade ainda deixa a desejar em alguns fatores com destaque para a marcação, o jogo é extremamente complicado para marcar de maneira simples no 1×1 por exemplo, exige toda uma combinação de jockey + botão direcional + botão de roubar a bola minuciosamente executada, no momento exato, senão o atacante sai livre na cara do gol, o que é muito frustrante. Pensemos bem, por mais que essa combinação permita uma liberdade de criação e expansão de habilidades de defesa, é ridículo ver um zagueiro excepcional (Thiago Silva por exemplo) sendo diblado com uma facilidade infantil, vendo o atacante tomar a sua frente do nada, ou vendo o zagueiro correndo para um lado (sem noção) e tentando dar um totó numa bola que não existe. Além de que para defesa, no FIFA, não existe ajuste, ficando entre a defesa clássica (antiga, e não disponível em partidas onlines rankeadas), e a defesa tática.

Ainda assim o jogo é extremamente realista no quesito tático, principalmente se o jogador for um estrategista, é possível de acordo com as qualidades de seu time escolher a formação e função táticas ideais para cada adversário, o que funciona dentro de campo com maior posse de bola e mais chances de gol.

jogo

Loss Time

A melhor maneira de aproveitar o máximo dos dois futebóis é jogar o que de melhor eles oferecem. Ou seja, jogar uma partida de FIFA 16 online com pessoas do mundo todo, com equipes cada vez melhores, partidas usando o novo recurso Draft, onde podemos criar um time temporário com os melhores jogadores do mundo. Além de poder jogar com equipes femininas (Massa demais).

Jogar PES 2016 no modo carreira em times brasileiros, além de disputar campeonatos que fazem parte do nosso dia a dia, como o Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Libertadores. Fora a chance de disputar partidas bem mais divertidas e que trazem toda a rivalidade do 1×1 dos tempos de Winning Eleven com seus amigos.

pes-2016-review-extra-shots-1

Por Jefferson Lobo

Anúncios

2 comentários em “PES 2016 x FIFA 2016 – Análise

    Cavalquieri disse:
    22/02/2016 às 11:48

    Vei jogo os dois online…Konami precisa melhorar e muito os servidores…. fora isso a jogabilidade´é melhor que a do fifa… O fifa ganha nos entornos e no online por isso jogo os dois…

    Aryzão disse:
    22/02/2016 às 11:50

    Jogo Pes desde sempre…esse ano resolvi dar uma chance ao fifa e não me arrependi…Ainda tenho problemas com a zaga…mas curti bastante…Espero que o Pes dê um jeito no 2017 se não abandonarei de vez.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s